top of page

CAIXA Cultural Fortaleza

Endereço: Avenida Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema, Fortaleza, CE

Visitação: 1º de novembro de 2023 a 7 de janeiro de 2024

Horários: terça a sábado, 10h às 20h; aos domingos e feriados, das 10h às 19h.

Classificação: Livre (Entrada Gratuita) - Informações: (85) 3453.2770

  • Foto do escritorMaria Zuquim

Quantas vezes você já foi até uma galeria de arte e encontrou um montão de pequenos experienciando - com liberdade - aquele momento único, entre quadros, esculturas, instalações e um tantão de outras linguagens mais? Se pouquíssimas são as suas lembranças sobre essa cena e, na maioria das vezes, lhe vem em mente a criança sendo colocada de lado, "num cantinho", e não como ser construtor de ideias, possibilidades e também corpo político, esse texto é para você, para mim e para nós todos, juntos, refletirmos esse tema.

Afinal, queremos adultos com olhar crítico e crianças que entendam como se comportar nesses espaços, não tocando em obras, por exemplo, mas ao mesmo tempo não temos muitos projetos que privilegiam meninos e meninas como protagonistas dentro desse universo?


O convite à criança para presenciar espaços artísticos, assim como colaborar com suas ideias para a construção destes, quebra o paradigma da arte exclusiva e alcança um olhar muito mais transcendente para a produção. Isso significa que, a partir da perspectiva infantil, é possível ir além das barreiras que comumente já existem para a nossa criatividade, elaborando uma relação muito mais saudável, palpável, menos hermética e, sem dúvidas, mais divertida.


De acordo com o poeta Ferreira Gullar, “arte é uma coisa imprevisível, é descoberta, é uma invenção da vida (…) A arte existe porque a vida não basta”.


E, por isso, que seja para todos. Sobretudo, que consiga ir além das paredes escolares e as proposições que ali são feitas. Para os pequenos, esse acesso é uma possibilidade de aguçar a criatividade, entrar em contato com sentimentos e emoções, desenvolver senso estético, enxergar diferentes perspectivas, trabalhar a sua autoestima, entender que suas opiniões podem ser compartilhadas de diversas maneiras possíveis e muito, muito mais.


Créditos: Mônica Cardim


Como os pais podem participar desse estímulo?


De imediato, criar esse enlace pode parecer difícil. Ou, ainda que já existam ideias prévias, a dificuldade se apresenta em fugir do comum. Porém, separamos 4 dicas que você pode inserir hoje dentro do cotidiano do seu filho:


● Aproxime ele das obras que você já aprecia

É difícil falar do que nós mesmos já não conhecemos, concorda? Por isso é fundamental que você converse com o seu filho, na linguagem dele, sobre as obras de arte que você já aprecia e conhece. Desse modo, faça perguntas que o incentive a olhar os pontos que o chamam a atenção, como cores, texturas, o que mais se repete na imagem, etc.


● Arte pode ser divertida (e dinâmica)

Dependendo da idade, a criança tende a aprender e a se divertir mais com experiências sensoriais. Pensando nisso, abra as portas da arte junto com a diversão do se sujar, por exemplo. Separe papéis, tintas, convide a criança a misturá-las e pintar o que ela mais gosta ou que mais é presente no seu dia a dia.


● A arte está em todo lugar

É comum que passando por avenidas, seja de carro ou ônibus, o nosso olhar se encontre com grafites, esculturas em prédios e várias formas de manifestação artística. Por isso, que tal propor um jogo que está dentro dessa perspectiva? Peça para a criança contar quantas esculturas ou pinturas ela viu pelo caminho.


● A criatividade é muito bem-vinda

Ao apresentar obras para a criança, é também importante estabelecer tarefas as quais ela possa produzir a criatividade de forma estratégica. Por exemplo, ao apresentar uma arte impressionista para uma criança, como as paisagens de Monet, é interessante uma tarefa que peça para a criança montar uma história que se passa naquela paisagem. Isso irá instigar o processo criativo, além de ser um ótimo passatempo para os momentos de tédio e uma forma de diversão sem telas.


Por fim, inclua na programação de lazer da criança a ida para espaços artísticos que possuem maior interatividade, principalmente tátil. Caso você ainda não conheça alguma dessas ações, hoje te apresentamos o projeto Cidadela Corpo:


CIDADELA CORPO é uma exposição gratuita para o público infantil, que estimula a curiosidade através de uma experiência sensorial, onde as crianças vivenciam e criam histórias. Ela está sendo realizada no Sesc Pompeia, de 11 de Outubro a 18 de Dezembro de 2022, com os horários de funcionamento de terça a domingo (e feriados), das 10h às 17h.

E ah, é totalmente grátis, livre para todos os públicos e no Espaço de Brincar (Área de Convivência).

90 visualizações0 comentário
bottom of page